• 19:13 19 de Novembro de 2017   |   seu IP 54.145.117.60
  • Acessar sistema

    O Paraná frente a situação energética nacional

    Com a presença de debatedores, Presidentes e Diretores da ITAIPU, COPEL, SANEPAR, BRDE, Instituto Acende Brasil e da FIEP – Federação das Industrias do Estado do Paraná, será realizado em Curitiba no dia 29 de agosto o 3º debate O PARANÁ FRENTE A SITUAÇÃO ENERGÉTICA NACIONAL, que já se tornou um marco nestes três anos de evento da discussão do Estado e sua situação estratégica no cenário energético nacional.

    A preocupação do tema para os debates será sobre a qualidade e a confiabilidade do sistema e dos serviços, tanto em relação a situação atual da estrutura de geração e distribuição, como dos investimentos necessários para enfrentar o futuro crescimento da economia, em um cenário onde a disponibilidade energética esta sendo colocada em dúvida.

    Os Sistemas e técnicas de monitoração e gerenciamento da qualidade da energia elétrica, a modelagem e análise dos distúrbios associados à qualidade da energia elétrica, os requisitos para conexão de cargas potencialmente perturbadoras no sistema elétrico, as curvas de sensibilidade e de suportabilidade de equipamentos, os impactos econômicos e aspectos contratuais da qualidade da energia elétrica, a compensação financeira por violação de indicadores de qualidade tem necessidade de ser amplamente discutida e divulgada, com temas voltados a infraestrutura e inovação, para sua ampliação e uso intensificado.

    Empresas como a COPEL e ITAIPU que são consideradas padrão de qualidade, e servem de modelo para todo país, e a opinião de seus dirigentes vai servir para indicar maior ou menor tranquilidade ao setor produtivo brasileiro que necessita de garantia do suprimento de energia para seu crescimento, bem como para os consumidores domésticos que usam desta segurança energética para manter sua qualidade de vida.

    Alternativas de suprimento, como o programa de Biogás em desenvolvimento pela SANEPAR e linhas de financiamentos e fomento para produção de fontes sustentáveis de energia pelo BRDE, compõe o quadro de debates com o senso crítico do Instituto Acende Brasil e da FIEP – Federação das Indústrias do Estado do Paraná.

    A participação é gratuita e pode ser garantida através de inscrições : http://agenciamotion.com.br/debates-energias/.

    (Fonte: Ambiente Brasil)

    Proposta amplia sistema de gestão de resíduos sólidos urbanos
    18/10- A iniciativa visa contribuir para a construção de soluções para coleta e correta destinação dos resíduos sólidos urbanos dos municípios paranaenses.
    Pesca nos rios de MT está proibida até 31 de janeiro para a reprodução dos peixes
    04/10- Multa para quem descumprir a legislação varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por kg de peixe apreendido. Nesse período só é permitida a pesca de subsistência.
    Brasil tem mais três sítios Ramsar
    03/10- Título foi dado a duas UCs federais e uma estadual, elevando para 22 o número de áreas úmidas brasileiras com esse reconhecimento internacional.
    Municípios Consorciados
    Mapa do site
    Website desenvolvido por